segunda-feira, 30 de novembro de 2009

É hora de dizer adeus!

Os sentimentos não cabem mais em palavras...
As lágrimas nunca se contém quando toco no seu nome...
Eu cansei!

Cansei de você...
Cansei de sentir por você!
É hora de pensar em mim...
E eu só começarei a viver ao te dizer adeus...

Não sei se um dia entre nós haverá perdão...
Sinceramente nesse momento eu nem sei se algum dia eu quero que haja esse perdão!
Eu já perdi muito da minha vida por ti!

Cansei, vou sair me divertir...
Assim da minha lembrança te verei sumir!
E não pensarei mais em ti cada vez que eu sorrir!

Adeus meu anjo...
Adeus!

Thays Lima


web analyticsSite Meter

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Sumi com as rimas...

Abafei os versos...
Tudo anda tão disperso!
Calei minha voz...
Neste momento não existe mais nós!

Impedi que as lágrimas caissem!
Na verdade eu não queria que ninguém as vissem!
Não procurarei mas por ti...
Me despeço agora de tudo que por ti senti!

Não quero mais te ver...
Neste momento deixo-te da minha vida sair...
Quero realmente te esquecer!
Depois de um longo ano acho que é hora de te ver partir!

Não quero mais nem o amigo...
Assim não correrei o risco de denovo pedir-te abrigo!
É muita aflição...
Meu coração não merece mais sofrer em vão!

Gosto de ti...
Mas me despeço enquanto você ainda pode me ver sorrir!
Nenhum outro anjo tomará o seu lugar...
Eu de fato não devia por ti me apaixonar!

Era tudo perfeito, era como ver o mar...
Até eu de ti começar a gostar...
Sinto saudades do que eramos...
Sofro muito ao pensar no que tinhamos!

Thays Lima

Frases
web analyticsSite Meter



domingo, 15 de novembro de 2009

Não sinto!

Derepente o silêncio se quebrou e deu lugar a estes versos estranhos...
Não são versos de amor!
Não tenho nenhuma dor...
Os dias estão estranhos!

Te vejo passar e nem com o olhar mais te acomapanho...
Cansei de gostar!
Cansei de querer te encantar...
E simplismente ao te ver passar me acanho!

O silêncio se quebrou...
A vida de algum modo mudou!
Sinto um arrepio frio...
Você se distancia enquanto eu assovio!

Cansei das velhas rimas...
Tudo esta tão desbotado, não sinto mais...
É eu cansei de fazer rimas...
Não estou triste, apenas não sinto mais!

Thays Lima

Pensamentos

web analyticsSite Meter

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Indiferença...

Não me choca a sua indiferença...
Não me comove o seu jeito banal...
É sim esse seu jeito de lidar com um mundo real!

Não me importa se ontem tu não me deste atenção...
Agora esta bem claro que você perdeu meu coração!
Não quero perdão...
O que fiz foi com toda a razão!

A sua indiferença gelou meu pobre coração...
Hoje eu não tenho nada a ninguém orfertar...
Nem um simples refrão...
É essa sua indiferença que me põem a pensar!
Será que com você eu ainda deverei falar?

Nada é tão simples...
Nem tudo é tão fácil...
Se me queres meu bem primeiro tem que ganhar esse pobre coração...
Não gosto de ter por perto pessoas as quais não tenho afeição!

Thays Lima



PS: Não sei porque mas eu esperava de coração que você não fosse o que em você eu vejo!
Eu sempre busquei ver o melhor nas pessoas, mas de você eu ainda não consegui extrair nenhuma qualidade...
É isso que me mantém afastada por enquanto...

web analyticsSite Meter

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Me esqueça!

A brisa desta manhã me traz de volta o que eu quero esquecer...
Uma vaga lembrança do que eu vejo em você!
Não tenho tristeza, e espero que esta não chegue com o entardecer...

Alguém machucou muito seu coração...
Mas não sou eu que farei da sua vida um doce refrão!
Você precisa de alguém para segurar sua mão...
Mesmo que esse alguém não te toque com o coração!

A vida pode ser deveras triste...
Mas não se pode deixar de olhar a beleza que ainda existe!
Olhe ao seu redor não escolha quem não te quer...
Apaixone-se por quem bem lhe quer...

Mude o rumo da sua vida e me esqueça!
Eu não quero ninguém...
Eu não espero por ninguém...
Apenas quero que você me esqueça!

Thays Lima




web analyticsSite Meter

PS:As palavras foram sugindo e eu fui escrevendo pra ver onde chegavam, não é nada direcionado a ninguém!